Vila que recebeu rejeitos de Mariana (MG) é atingida por óleo no Espírito Santo



Morador da vila de Regência, balneário encravado na foz do rio Doce no município de Linhares (132 km de Vitória), Robson Barros da Rocha, 50, mudou os hábitos na última semana.
 
É surfista, mas tem evitado até passar perto da praia. Gosta de estar bem informado, mas acompanhar o noticiário virou uma atividade indigesta desde que manchas de óleo começaram a atingir o litoral norte do Espírito Santo na última sexta-feira (8).
 
Pudera. Há quatro anos, Robson viu o mar de Regência ser invadido pelos rejeitos do rompimento da barragem do Fundão, em Mariana (MG), e teve a sua vida virada de ponta-cabeça.
 
Nesta quarta-feira (13), ele viu o pesadelo voltar sob nova forma: a vila de Regência registrou os primeiros vestígios óleo nas praias, consumando o segundo desastre ambiental na região em quatro anos.
 
“Se já não bastasse tudo que passei nos últimos anos, agora vem esse novo desastre ambiental. Não quero nem passar perto porque sei que vai me fazer muito mal”, afirma Robson.
Leia mais (11/13/2019 – 13h56)

Fonte do link