Vice de Witzel terá dificuldade de ficar como governador, dizem aliados a Bolsonaro



Apesar da tentativa de aproximação com Jair Bolsonaro, Cláudio Castro (PSC), terá dificuldade de se segurar no lugar de Wilson Witzel, afastado pelo STJ, segundo relatos que chegaram ao Planalto nesta sexta (28). O vice começou sua interinidade sendo alvo de busca e apreensão. Além disso, a prisão do pastor Everaldo, presidente da sigla, ajuda no enfraquecimento do vice, avaliam políticos. Com isso, por ora, aliados dizem que o presidente deve se manter distante do governador em exercício.

A principal preocupação da família Bolsonaro é com a escolha do novo procurador-geral de Justiça do Rio. Como mostrou reportagem da Folha, o clã decidiu que vai tentar influenciar na disputa e o senador Flávio já tinha iniciado aproximação com Castro. Pela Constituição fluminense, o governador é responsável pela nomeação.
Leia mais (08/29/2020 – 00h04)

Fonte do link