Variante ômicron na África expôe falta de solidariedade global com o continente



Não foi novidade. Mas nem por isso deixou de causar indignação. A resposta mundial à descoberta da variante ômicron do coronavírus, capitaneada por cientistas sul-africanos, foi recebida por países da África como um balde de água fria: prestes a retomar minimamente suas economias após dois anos pandêmicos, muitos deles viram as fronteiras do mundo se fecharem.
Leia mais (12/02/2021 – 14h46)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários