Universidades e sociedade civil articulam impressão 3D de máscaras contra coronavírus



Uma das grandes dificuldades enfrentadas no combate à disseminação do novo coronavírus é a falta de equipamentos de proteção para os profissionais de saúde. Para driblar o problema, as universidades e a sociedade civil estão imprimindo protetores faciais em 3D e distribuindo o material gratuitamente nos hospitais.

A iniciativa ocorre com o envolvimento de pelo menos seis universidades: UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), UFF (Universidade Federal Fluminense), PUC-Rio (Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro), Unirio (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro), UFPR (Universidade Federal do Paraná) e UFOB (Universidade Federal do Oeste da Bahia).

A comunidade dos “makers”, pessoas engajadas na fabricação de produtos a partir da impressão 3D, também tem sido essencial no auxílio ao combate da pandemia.
Leia mais (03/26/2020 – 15h51)

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

três × três =