Um ano após adiamento dos Jogos, Brasil vê 40% das vagas olímpicas em aberto



A quatro meses da Olimpíada de Tóquio e um ano depois do anúncio de adiamento do megaevento de 2020 para 2021, o Comitê Olímpico do Brasil (COB) estima que o país ainda tenha cerca de 40% das vagas de atletas indefinidas.
Leia mais (03/24/2021 – 15h00)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários