UFMG suspende aulas do curso de cinema após aluno fazer ameaças


Alunos do curso de cinema de animação e artes digitais foram orientados a não comparecer às aulas previstas para acontecer na noite desta segunda-feira (20), no prédio da Belas Artes, na UFMG. A orientação partiu da coordenação do curso e foi disparada em um e-mail para todos os estudantes ainda durante a tarde. Na mensagem, a professora que assina o texto explica apenas que o cancelamento ocorreu por “medidas de segurança”. 

No colegiado do curso, funcionários mantém a informação de que as aulas estão suspensas, mas não explicam os motivos do cancelamento. Informações obtidas com as secretarias do Belas Artes dão conta de que as aulas nos outros cursos estão mantidas. Procurada, a UFMG ainda não se pronunciou sobre o assunto. 

A história começou a circular em grupos de alunos no WhatsApp por volta das 15h. Em um deles, um estudante explica que a ameaça teria sido feita por um ex-aluno do curso de cinema depois que ele discutiu com colegas de sua turma. O suposto autor da ameaça teria postado no Facebook uma foto segurando uma arma. Outra informação que circula é o que o suspeito teria enviado a foto da arma apenas para suas inimizades. 

Em outros grupos, alunos confirmam a informação de que professores pediram a dispensa das aulas. O suspeito já teria feito ameaças em outras ocasiões. 

Um aluno do curso conversou com a reportagem e disse que eles tiveram acesso a informações “pouco concretas” até o momento. No entanto, é de conhecimento público que as aulas foram canceladas e que a suspeita de um tiroteio no local paira no ar. 

Em alguns grupos, estudantes tentam tranquilizar os colegas dizendo que a movimentação em ateliês e salas do prédio é absolutamente normal. 

No sistema interno de trocas de mensagens entre alunos e corpo docente, um professor fez uma publicação explicando que “houve uma ameaça à segurança dos alunos hoje pelo Facebook por parte de um aluno”. Ele encerra expondo que “é fundamental que os alunos evitem o campus hoje (segunda-feira), em função dessa ameaça”. 

Fonte do link

Comentários no Facebook