Twitter ganha usuários após proibição a Trump

O Twitter ampliou seu número de usuários durante o trimestre de fim de ano e disse que este continuou aumentando em janeiro, quando expulsou um de seus usuários mais proeminentes, o ex-presidente Donald Trump.

A companhia disse na terça-feira (9) que o crescimento de usuários poderá diminuir neste ano, comparado com os primeiros meses da pandemia de coronavírus –quando muitas pessoas começaram a passar mais tempo online e nas redes sociais–, e que as mudanças de privacidade pendentes na Apple poderão ter um impacto modesto em seu negócio de publicidade.

O Twitter disse que ganhou mais usuários diários em janeiro último do que a média que obteve nesse mês nos últimos quatro anos, mas a empresa não quis dar mais detalhes.

O Twitter normalmente não fornece orientação sobre o crescimento do número de usuários para o trimestre em curso, mas disse que fez uma exceção devido às circunstâncias incomuns, referindo-se à suspensão de Trump da plataforma e ao ataque em 6 de janeiro ao Capitólio dos EUA por uma multidão de apoiadores do então presidente.
Leia mais (02/09/2021 – 20h23)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários