Traficantes oferecem 180kg de maconha como propina, mas são presos em MG

Temendo ir para a cadeia, dois suspeitos de tráfico de drogas tentaram trocar um carregamento de maconha pela própria liberdade no município de Barbacena na região Central de Minas Gerais. Os homens que têm 27 e 43 anos tinham sido surpreendidos pela Polícia Militar durante uma transação na noite dessa sexta-feira (18) e ofereceram a propina como garantia de liberdade.

Os militares fingiram aceitar e apreenderam um carro lotado com 90 barras de maconha – o equivalente a 180kg da substância. Os dois suspeitos também não escaparam, foram detidos e levados à delegacia da cidade. O mais novo já tem oito passagens pelos crimes de roubo, lesão corporal, ameaça e tráfico de drogas. O outro já cometeu estelionato e furto.

Jogos Eletrônicos
Os militares chegaram até os suspeitos após uma denúncia anônima feita por um morador de Conselheiro Lafaiete. Este denunciante declarou à polícia que chegaria um carregamento de maconha em Barbacena e que o proprietário da droga seria o homem de 27 anos – o autor da denúncia chegou a mostrar uma foto da residência do suspeito pelo Google StreetView.

Após uma investigação, a polícia montou um cerco no entorno do imóvel do suspeito em Barbacena na região do Campo das Vertentes na noite dessa sexta-feira (18). Depois de alguns minutos de espera, o suspeito estendeu o braço para fora do portão e tentou entregar uma barra de maconha para um motociclista que havia parado na porta. Entretanto, os dois perceberam a presença da polícia. O motociclista conseguiu fugir, mas o principal suspeito acabou detido após tentar escapar pelos fundos do imóvel.

Questionado, ele declarou que havia deixado algumas barras de maconha guardadas com um vizinho que, por sua vez, confirmou à polícia a informação. Buscas na casa deste homem revelaram a existência de algumas barras de maconha embaixo da cama.

Antes de ser detido, o suspeito de 27 anos tentou comprar sua liberdade oferecendo uma carga de maconha escondida em um carro. De acordo com ele, a droga seria levada para Juiz de Fora. Militares fingiram aceitar a proposta e, no local marcado, encontraram um Chevrolet Ágile cuja chave havia sido deixada na roda dianteira. No interior do carro foram encontrados 180 kg de maconha. Os dois suspeitos foram detidos e a droga apreendida.

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

nove + 12 =