Torcedor do Boca é detido após novo caso de racismo em jogo com o Corinthians

Mais um caso de racismo foi registrado nesta terça-feira na Copa Libertadores. Um torcedor do Boca Juniors foi detido na Neo Química Arena após imitar um macaco em direção ao espaço reservado aos corintianos para o jogo de ida das oitavas de final da competição continental.

O rapaz não foi identificado, mas é possível ver pelas imagens que ele conversa com outro torcedor e em seguida faz o gesto em direção ao espaço onde fica a torcida do Corinthians.

As câmeras de segurança do estádio do Corinthians facilitaram a identificação do caso e do torcedor. A Polícia Militar foi acionada e deteve o rapaz pelo caso de injúria racial. 

Assista ao vídeo:

 

Mais cedo, o ônibus do Boca Juniors foi alvo de uma pedrada enquanto se dirigia para a Neo Química Arena. Uma janela foi quebrada, mas ninguém ficou ferido, de acordo com relato do clube argentino.

Nos outros dois jogos entre Corinthians e Boca Juniors ao longo desta edição da Copa Libertadores, casos de racismo também foram flagrados. Na Neo Química Arena, um torcedor xeneize foi preso e liberado horas depois com o pagamento de fiança. Na Bombonera, novamente um torcedor imitou um macaco. Pelos dois casos, o clube argentino foi multado pela Conmebol.

 



Fonte do link

Compartilhe:

Comentários