Tiago Iorc responde Anavitória e acusa empresário de tentar sabotar sua carreira


Na noite desta sexta-feira (12), a dupla Anavitória participou de um pequeno festival de lives em celebração ao Dia dos Namorados, que também contou com Nando Reis e Duda Beat na programação. Mas o que chamou a atenção dos fãs foi o desabafo feito por Vitória Fernandes Falcão ao introduzir a canção “Trevo (Tu)”, que integrou o primeiro álbum da dupla, lançado em 2016. 

Sem citar o nome de Tiago Iorc, co-autor da faixa que, segundo ela, “abriu muitas portas e foi muito especial”, a cantora disse que o compositor as estaria impedindo de regravá-la para um projeto que o duo está para lançar.

“A música que a gente vai cantar agora é uma música muito especial na nossa carreira, muito forte no meu coração. Eu escrevi ela em 2015 e convidei um amigo para escrever comigo. Esse amigo me deu um refrão lindo, que a gente ama muito e vocês conhecem bem”, disse. “Essa semana, a gente recebeu uma notícia um pouco estranha e um pouco triste também, que esse outro autor da música está impedindo a gente de regravar a nossa música”, afirmou, defendendo que, em seu entendimento, a partir do momento em que a arte chega às pessoas, ela não é mais dela, mas sim do mundo.

“Me dói muito isso acontecer. Eu espero que os caminhos dessa música nunca sejam interrompidos. E eu espero que essa pessoa receba essa mensagem porque é com todo o meu coração e todo o meu amor”, finalizou.

Tiago Iorc recebeu a indireta e, no dia seguinte (13), publicou um comunicado em vídeo no seu Instagram em resposta à manifestação da dupla. O cantor começou brincando que estava sendo cancelado em pleno sábado, mas logo mudou o tom da fala.
 
Deixando claro que se sente extremamente desconfortável em se manifestar publicamente sobre um assunto que ele considera que deveria ser privado, Tiago afirmou que entende o sentimento das meninas e que provavelmente se sentiria da mesma forma se não soubesse o que está acontecendo por trás disso tudo.

“Fica evidente que, nessa sua atitude impensada de tornar isso público, você realmente, da missa, não sabe a metade”, disse, afirmando que Felipe Simas estaria tentando atrapalhar sua carreira. “O escritório que gerencia a carreira de vocês, que é o escritório com o qual eu trabalhava, não trabalho mais, vem repetidamente sabotando o meu trabalho, agindo de má-fé para me prejudicar realmente, causando danos inclusive financeiros”, explicou.

No início de junho, Iorc anunciou que, após encerrar a parceria com o empresário Felipe Simas, com quem trabalhava desde 2010, havia criado seu próprio escritório para cuidar de todos os assuntos relacionados a sua carreira. Assim, também deixou de produzir os discos do duo, que segue sendo agenciado por Simas.

No início da carreira da dupla, o empresário convidou o cantor e compositor para cuidar da produção musical delas. “Essa parceria [do cantor com a dupla] se encerrou em 2019, de forma consensual, considerando discordâncias profissionais entre as partes”, diz a nota oficial enviada pelo empresário à reportagem na ocasião.

Ao fim do vídeo, Tiago disse que entendia a dor das meninas de querer que a música vá para o mundo, mas que achava um pouco contraditório, “porque, de fato, a música é para as pessoas, mas a lei do direito autoral existe justamente para proteger os autores”.

Quanto à liberação da música, o cantor disse que elas poderiam ficar tranquilas. “Eu não tenho o intuito de prejudicar vocês nem a música, eu só estou revendo o meu direito, e muita coisa precisa ser esclarecida em relação ao escritório de vocês antes que isso possa existir. Eu tenho certeza que vai existir no momento adequado, que as coisas vão ficar entendidas frente à realidade de tudo que está acontecendo e respeitando o direito de todo mundo”, encerrou.

Até a publicação desta reportagem, Felipe Simas e Anavitória não haviam se manifestado sobre as acusações de Tiago Iorc.

 

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

13 − seis =