Taxa de transmissão em Minas indica estabilização da pandemia, diz governo


Pela primeira vez desde o início da pandemia em Minas Gerais, a taxa de transmissão por infectado (Rt) do coronavírus oscila em torno de 1,0 durante duas semanas seguidas. Isso significa que o avanço da doença no Estado tem se estabilizado, de acordo com o governo estadual.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES), desde o início de agosto, essa taxa varia entre 0,95 e 1,07, ou seja, em média, um infectado está transmitindo a Covid-19 para apenas mais uma pessoa. Em março, quando foram registrados os primeiros casos de coronavírus em Minas, o índice variava entre 1,59 e 5,12, indicando que uma pessoa infectada tinha potencial para contaminar até cinco outras.

Taxa de transmissão do coronavírus volta a crescer em BH

De acordo com o secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, esse pode ser um sinal de que a disseminação da doença esteja diminuindo e, com isso, o número de novos casos por dia sejam menores. “A estabilização dos dados, além de uma tendência, pode começar a ser o início de uma queda na transmissão”, disse.

Já a diretora de Atenção Hospitalar e de Urgência e Emergência da SES, Monique Félix, explicou que o objetvo é manter o Rt sempre abaixo de 1,0.
“Isso indica uma certa estabilização no número de novos casos confirmados, uma vez que a cada nova semana estamos observando desaceleração do crescimento do número. Contudo, precisamos manter esse Rt abaixo de 1 de forma sustentada. Quando a doença chegou, toda a população estava suscetível a ela. Com o transcorrer da pandemia, a tendência é que o número de pessoas suscetíveis ao vírus vai reduzindo”, esclarece Monique, acrescentando que o “ideal é que Minas mantenha o Rt abaixo de 1”, afirmou.

A diretora também disse que, apesar de o Rt ser um instrumento importante para as tomadas de decisão, seu cálculo é sensível à qualidade dos dados informados pelos municípios. “Se em algum dia há um volume expressivo de casos confirmados e nos dias subsequentes o município deixa de enviar as informações à SES, o Rt não retrata a realidade. Apesar da importância, o indicador tem limitações”, pondera.

Balanço

Ainda conforme a SES, até esta sexta-feira (14), Minas registrou 168.428 casos confirmados de coronavírus e 3.943 mortes em decorrência da doença.

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

1 × 4 =