Tardelli se diverte ao ver torcida do Atlético debochando do Cruzeiro na Série B


Diego Tardelli não esqueceu seu histórico de provocações ao Cruzeiro e alimentou o deboche da torcida do Galo contra o rival durante seu rápido desembarque no Aeroporto Internacional de Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte, no início da tarde deste sábado (15).

Após cinco anos longe do Galo, o atacante ouviu com alegria os cantos da torcida em alusão à queda do Cruzeiro para a Série B do Campeonato Brasileiro. Com sorriso largo e carregado nos ombros dos torcedores, Tardelli ainda ergueu os braços e posicionou os dedos no tradicional gesto obsceno usado tanto pelas organizadas do Galo quanto pelas das Raposa em dias de clássico. Claro, a brincadeira tornou ainda mais eufóricos os que foram recepcioná-lo. 

Nos braços da massa

Incansáveis, os alvinegros prepararam uma celebração para recepcionar o jogador ainda às 10h, mas não contaram com o ligeiro atraso – pouco mais de duas longas horas de espera. O rápido desembarque não bastou para murchar a festa da torcida e, assim que atravessou as portas do aeroporto, o jogador foi carregado e, claro, ganhou o apetrecho indispensável: o chapéuzinho estilo pescador da principal organizada do Atlético. 

Apresentação

Tardelli recomeça o casamento com a torcida do Galo, que chegou a pedi-lo à diretoria em oportunidades anteriores, e será apresentado na tarde deste domingo (16) durante a partida contra a Caldense pelo Campeonato Mineiro. O jogo começa apenas às 16h, mas a torcida já recebe o apito inicial com gosto de vitória: o atacante será mesmo apresentado, com entrevista, às 14h30. 

Fonte do link