'Talvez um pouco mais sujo, mais empoeirado', Kalil garante carnaval em BH


Embora ainda não haja um prazo para a conclusão dos reparos provocados pelas últimas chuvas em Belo Horizonte, o prefeito Alexandre Kalil (PSD) voltou a afirmar nesta segunda-feira (3), que o Carnaval da cidade está mantido.

“Talvez um pouco mais sujo, mais empoeirado, mas a Defesa Civil vai trabalhar como nunca”, brincou o prefeito. 

Segundo Kalil, por causa dos estragos, a Defesa Civil irá analisar os locais por onde estão previstos os desfiles.

De acordo com a Empresa Municipal de Turismo de Belo Horizonte (Belotur), 453 blocos já foram cadastrados. A expectativa é que a festa reúna 5 milhões de foliões. 

“Até o carnaval, se Deus quiser, vamos poder pular, brincar nas ruas. A Defesa Civil vai dizer os locais onde serão permitidos os blocos”, destacou. 

Chamados. Desde a última semana, a Defesa Civil recebeu mais de 3.150 chamados de atendimentos em decorrência da chuva na capital. Cerca de 38% dos chamados ainda estão em atendimento ou aguardam um retorno do órgão. 

A promessa do prefeito é que até o próximo dia 15 a força-tarefa montada pela prefeitura permaneça nas ruas da capital com maquinários pesados.  De acordo com a PBH, o alerta de risco geológico continua nos bairros Jardim Alvorada, Novo Lajedo, Izidora, Cercadinho e Vila Cemig. Só neste domingo (2) cerca de 40 famílias foram retiradas de áreas de risco. Desde a última sermana, 22 equipes da Companhia Urbanizadora de Belo Horizonte (Urbel) trabalham nas comunidades em atividades de prevenção.

“Sabemos da aflição da população e vamos fazer o humanamente impossível. Vamos arrumar todos os lugares. Estamos muito preocupados”, afirmou Kalil em coletiva de imprensa.

Fonte do link