Supermercados dizem que preços devem desacelerar após alta

Os preços nos supermercados de São Paulo subiram 0,28% em março, segundo o IPS (Índice de Preços dos Supermercados), calculado pela Apas/Fipe, mas a associação dos varejistas no estado diz que projeta desaceleração nos principais itens da cesta básica nos próximos meses.

O economista da Apas (Associação Paulista de Supermercados) Rodrigo Mariano aposta na boa safra prevista em 2021 para reduzir o custo de produtos como arroz e feijão. A carne deve se manter estável, mas em um patamar elevado, segundo ele.

A pesquisa dos supermercadistas mostra que carnes, leites e cereais tiveram aumento de mais de 27% no acumulado de 12 meses.
Leia mais (04/29/2021 – 11h26)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários