Supercomputador de vigilância estatal chinesa usa chips dos EUA



No final de uma estrada desolada ladeada por prisões, em meio a um complexo repleto de câmeras de vigilância, tecnologia desenvolvida nos Estados Unidos aciona uma das partes mais invasivas do aparato estatal de vigilância da China.
Leia mais (11/25/2020 – 20h00)

Fonte do link