Sexto volume da Coleção Folha revela multiplicidade inspiradora das mulheres



As mulheres são cada vez mais múltiplas, apesar da persistência de rótulos machistas que as tentam classificar de um jeito ou de outro.

Essa frase é do texto de abertura do volume da Coleção 100 Anos de Fotografia ? Pelas Lentes da Folha, que chega às bancas no dia 4 de abril. Escrita pelo jornalista Naief Haddad, um dos curadores da coleção, define de forma exata a proposta do sexto livro da série, “Brasileiras ? Mulheres Inspiradoras”.

Composta por dez volumes, é a primeira coleção editada pela Folha exclusivamente com imagens captadas por seus profissionais, escolhidas entre as mais de 2,5 milhões de fotos do acervo do jornal. É um tributo a esses nomes do fotojornalismo que criaram uma linguagem visual própria e impactante.

A foto na capa de “Brasileiras ? Mulheres Inspiradoras” parece simbolizar a trajetória feminina na história do Brasil. Registrada em abril de 1960, mostra quatro mulheres estendendo uma faixa com a frase “Rumo a Brasília” sobre o capô de um fusca. No dia 21 daquele mês, a capital federal foi oficialmente inaugurada por Juscelino Kubitscheck.

A foto mais antiga entre as 42 reunidas no volume é de 23 de novembro de 1921. É um retrato de Ilara Gomes Grosso, de 14 anos, apontada como um grande talento no piano e que faria um recital em Campinas, no interior paulista.
Leia mais (03/27/2021 – 16h00)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários