Setor de serviços se recupera, mas crise sanitária é risco para 2022

A atividade econômica de 2021, ainda sob forte influência da pandemia, apresentou uma série de dados contrastantes mundo afora, e no Brasil não foi diferente. Em momentos como esses, as análises são muito mais complexas do que simples leituras de indicadores. É preciso cuidado para que as interpretações das estatísticas acerca do período não carreguem vieses de análise, o que poderia nos levar a uma interpretação menos acurada do que efetivamente ocorreu.

Um primeiro aspecto é que não podemos esquecer que em 2021 tivemos a vacinação prosperando em nosso país numa velocidade bastante boa, superior, inclusive, àquela praticada em alguns países centrais. Já estamos próximos de 70% da nossa população com esquema vacinal completo (duas doses). Esse processo foi muito positivo para que a sociedade começasse a ganhar “confiança” para o retorno à normalidade, o que veio ocorrendo de forma gradativa.
Leia mais (01/13/2022 – 23h15)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários