Seca exige replantio de soja e derruba produtividade de milho

O Brasil vive uma intensa seca. Constante desde 2018, ela se ampliou neste ano e afeta seriamente algumas regiões produtoras de grãos e a recuperação de pastagens.

A safra 2020/21, que está sendo semeada, tem um início completamente fora do normal, com atraso no plantio, semeadura em clima seco, possibilidade de quebra de produção e a necessidade de replantio.

A área de replantio é pequena, mas deve ser levada em consideração, pois traz consequências para a produtividade da soja e para o planejamento da safrinha de milho. Mato Grosso deverá refazer o replantio de soja em 277 mil hectares, segundo a AgRural.
Leia mais (11/16/2020 – 23h15)

Fonte do link