São Paulo de 1921 segue viva em praças, restaurantes e museus abertos até hoje



Em 1921, quando o jornal Folha da Noite ganhava pela primeira vez as ruas e dava início à história centenária da Folha, a cultura e a gastronomia de São Paulo estavam começando a se moldar e a formar o embrião da cidade que conhecemos hoje -e alguns dos endereços que ajudaram a fazer da capital o principal centro de programação do país seguem de pé e funcionando em pleno 2021.

Até o final do século 19, a cidade ainda não tinha tanta relevância nacional. “Quando a gente pensa na São Paulo do início do século 20, ela ainda está tentando construir uma imagem de cidade global”, diz Hanna Manente Nunes, doutoranda em história na Universidade de Chicago e uma das autoras do blog A História É a Seguinte, da Folha.
Leia mais (02/18/2021 – 15h08)

Fonte do link