Santa Luzia restringe academias, cultos, missas e velórios devido ao coronavírus


Em pronunciamento feito na tarde desta quarta-feira (18), o prefeito de Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte, Delegado Christiano Xavier, anunciou medidas emergenciais para evitar a transmissão do novo coronavírus na cidade, que, até o momento, não teve casos confirmados.

Entre as normas, estão: proibição de feiras livres; academias de ginástica com apenas 10 alunos por vez; eventos públicos ou particulares, missas, cultos e similares com aglomeração de pessoas, só pode ser realizado com no máximo 100 pessoas e seja ao ar livre; entre outros.

Além disso, os velórios estão restringidos a 10 pessoas por vez, assim como casamentos, aniversários e outros eventos similares.

“Estamos soltando normativas e serviços de reforço em todas as unidades de saúde do município e abrindo até dia 2 de abril 50 leitos de retaguarda no Hospital São João de Deus para amenizar toda essa situação que se agravará mais ainda por causa da época de outras doenças, como a dengue”, disse o prefeito.

“Também anteciparemos para próxima semana a vacinação dos idosos, separando por locais adequados de atendimento. Façam sua parte e fiquem todos que possíveis em completo isolamento social! Eu, como Prefeito de Santa Luzia e demais pares, estaremos a postos para cumprirmos nosso papel de servidores públicos”, concluiu Xavier.

Minas Gerais já registrou 19 casos de coronavírus, segundo o último boletim da Secretaria de Estado de Saúde (SES). Santa Luzia tem dois pacientes com suspeita da doença.

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

15 + um =