Safra próxima faz arroz se acomodar, mas com preço em novo patamar

O mercado de arroz, um dos produtos que mais pesaram no bolso dos consumidores neste ano, começa a voltar ao normal. O movimento de exportações e de importações, aquecido até novembro, ficou estável neste mês, conforme os dados das três primeiras semanas do mês.

O preço do cereal, que chegou a ser negociada a R$ 106 por saca em outubro, recuou para R$ 104 no mês passado e para R$ 94 nesta terça-feira (22), conforme dados do Cepea (Centro de Estudos Avançados Economia Aplicada).

Apesar desse início de queda, os preços atuais do arroz ainda superam em 95% os de há um ano. Se as estimativas da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) para a produção de 2021 se confirmarem, o consumidor não terá muita folga nos gastos com esse alimento no próximo ano.
Leia mais (12/22/2020 – 23h15)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários