Rio Negro continua a subir e quebra novo recorde de cheia em Manaus



A cidade de Manaus registrou neste sábado (5) sua maior cheia desde que a medição começou, há 119 anos, após o rio Negro atingir 30 metros. O recorde anterior havia sido quebrado no último dia 1º, quando o rio atingiu a cota de 29,97 metros.

Segundo o Serviço Geológico do Brasil (SGB-CPRM), o rio segue em processo de enchente e ainda pode subir mais 2 centímetros. Depois, há uma tendência de estabilização e, até a próxima semana, pode ter início o processo de vazante. Como esse processo é lento e gradual, os efeitos da cheia severa devem ser sentidos por várias semanas.
Leia mais (06/05/2021 – 19h18)

Fonte do link