Remédio de cannabis é autorizado na Anvisa, mas ministério não libera no SUS

No fim da semana passada, a Anvisa publicou a autorização sanitária de um produto feito de cannabis fabricado pela Prati Donaduzi e distribuído pela Fiocruz (Farmanguinhos).

Por ser laboratório público, Farmanguinhos não pode comercializar, mas apenas fornecer ao ministério e órgãos públicos de saúde.

Ficou uma dúvida no setor quanto ao efeito prático da medida no futuro porque, dias antes, veio a recomendação da Conitec, órgão do Ministério da Saúde, de que o canabidiol 200mg/ml para tratamento de epilepsias refratárias não seja incorporado ao SUS.
Leia mais (05/19/2021 – 17h03)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários