Regras atuais vão valer para quem cumprir requisitos até 1 dia antes da publicação do texto da reforma

A aprovação da reforma da Previdência em primeiro turno na Câmara tornou concreta a chance de a maior parte dos brasileiros passar a contar com regras mais duras de aposentadoria já nos próximos meses. Mas certamente haverá trabalhadores em condições de escapar das mudanças.

Até agora, a reforma atinge principalmente trabalhadores do setor privado, cuja principal alteração para aqueles que não entrarem nas regras de transição será a exigência de idade mínima de aposentadoria de 62 anos, para mulher, e de 65 anos, para homem. Professores terão redução de cinco anos na idade mínima.

As regras atuais, porém, continuarão valendo para todos os trabalhadores que completarem os requisitos de aposentadoria até um dia antes da publicação da nova legislação previdenciária.
Leia mais (07/15/2019 – 02h00)

Fonte do link

COMPARTILHAR

Comentários no Facebook