Regina Duarte na Secretaria da Cultura é motivo de alívio, mas também de apreensão



Regina Duarte fez jus ao epíteto de Namoradinha do Brasil, que já teve um dia. Convidada a assumir a Secretaria da Cultura, a atriz preferiu não firmar compromisso logo de cara. Antes, vai passar por um período de testes ?um namoro ou, como ela mesma diz, um noivado.

“Nós vamos noivar, vou ficar noiva, vou lá conhecer onde eu vou habitar, com quem que eu vou conviver, quais são os guarda-chuvas que abrigam a pasta, enfim, a família. Noivo, noivinho”, afirmou ela à coluna Mônica Bergamo, da Folha.

Regina Duarte não é, nem em sonhos, a pessoa que a maioria dos produtores culturais e da classe artística brasileira gostaria de ver à frente da Secretaria da Cultura, que vem passando por intermináveis turbulências desde que deixou de ser ministério.
Leia mais (01/20/2020 – 17h01)

Fonte do link