Rede privada da cidade começa a receber vacinas


Balanço da Secretaria Municipal de Saúde, divulgado no início da tarde da última quinta-feira (21), mostra que o primeiro lote da vacina Coronavac, entregue pelo governo do Estado, já foi distribuído para 28 unidades básicas de saúde (UBSs), para os hospitais da rede privada que estão localizados na cidade, como Unimed e Mater Dei, além de algumas unidades de pronto atendimento (UPA), do Samu e dos Cecovid 2 e 4, unidades criadas exclusivamente pela prefeitura para o tratamento do novo coronavírus. 

Segundo o balanço, na quarta-feira (20), foram distribuídas 1.534 doses para as duas unidades dos Cecovids Betim, Hospital Regional e para sete Unidades Básicas de Saúde (UBSs). No mesmo dia, foram aplicadas 177 vacinas em trabalhadores do Centro de Cuidados Intensivos (Cecovid 4), de um total de 776. Já na quinta (21), foram distribuídas outras 1.153 doses para unidades da rede hospitalar privada, Samu e outras 21 UBSs.

A atualização do número de doses aplicadas, de acordo com a prefeitura, será feita uma vez ao dia, conforme os trabalhadores vacinados forem sendo cadastrados no sistema SIGs, utilizado pela Secretaria Municipal de Saúde. “Já os hospitais particulares deverão enviar os formulários com o cadastro de seus trabalhadores vacinados para a Diretoria de Vigilância em Saúde, para a inclusão no sistema”, informou. 

A previsão é vacinar com essa primeira dose, até a próxima sexta-feira (29), 4.970 trabalhadores da saúde (100% dos trabalhadores dos dois Cecovids e do Samu, e quase 30 % de profissionais dos outros serviços de saúde da rede pública e da rede privada), além de aproximadamente 190 idosos que vivem em Instituições de Longa Permanência (ILPIs). “Cabe aos gestores das unidades seguir as orientações das Notas Técnicas do Ministério da Saúde para priorizar os trabalhadores que receberão as primeiras doses”, informou a prefeitura em nota.

Ainda de acordo com o município, a segunda dose da vacina Coronovac para as 5.161 pessoas que estão sendo vacinadas neste primeiro momento está garantida pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), que informou que os frascos estão armazenados na rede de frios da pasta.

Samu imunizado
Na tarde da última quinta (21), os 120 profissionais do Serviço Móvel de Urgência receberam com alegria a primeira dose da vacina. 

“O serviço do Samu é complexo, porque atende pessoas em vias públicas, transfere pacientes de unidades e, com isso, os funcionários ficam muito expostos. Todos os servidores foram vacinados, mas isso não acaba com o vírus. Temos que continuar com a conscientização”, declarou o gerente Nick Douglas dos Reis Souza, gerente do Samu Betim. 

O técnico de enfermagem Gilson Ornelas também celebrou a chegada da vacina. “A gente está lutando desde o início contra o vírus. Vemos que muitas pessoas não levaram a sério esse enfrentamento. Foram muitas mortes no país, então, gostaria de pedir que a população não se descuide. As medidas de prevenção protegem a nós mesmos e aos outros, a família, amigos”. 

Balanço de casos
Betim registrou, nesta quinta-feira (21), 370 óbitos em decorrência do novo coronavírus. 

Segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, já foram confirmados desde o início da pandemia, 13.027 casos da doença, sendo que 11.683 se recuperaram. 

Ainda de acordo com a secretaria, 937 pessoas seguem em acompanhamento. Em relação aos leitos de terapia intensiva (UTI) destinados a pacientes com coronavírus, a taxa de ocupação foi de 64%. Já sobre os leitos de enfermaria em Betim, criados exclusivos para vítimas da pandemia, o percentual de ocupação era de 30%.

Fonte do link