Rachel Sheherazade, mande emoldurar o tuíte de Luciano Hang



Em fevereiro de 2014, Rachel Sheherazade, 45, defendeu um grupo de pessoas que espancou e acorrentou a um poste, usando uma tranca de bicicleta, um assaltante menor de idade, capturado por elas em uma praia no Rio de Janeiro.

A âncora do telejornal SBT Brasil disse no ar que era “compreensível” que o “cidadão de bem” reagisse daquela maneira. Também sugeriu às ONGs de defesa dos direitos humanos que, se estivessem “com pena” do rapaz, que então “o adotassem”.

Sheherazade já vinha se notabilizando por declarações alinhadas com o conservadorismo mais radical, e este episódio coroou sua reputação como uma das porta-vozes da nova extrema direita do Brasil. 
Leia mais (06/24/2019 – 13h00)

Fonte do link

Comentários no Facebook