Querido pela comunidade, morreu de Covid-19 no ano que se formaria em enfermagem



Ele estava no oitavo semestre do curso de enfermagem em uma faculdade privada de Jequié, sul da Bahia. E também era funcionário administrativo do setor de regulação do Hospital Geral de Ipiaú (a 360 km de Salvador).

Mas os planos de Álvaro Jardim Fernandes de ir para a linha de frente do atendimento aos pacientes acabou sendo interrompido no sábado (18), quando morreu de Covid-19 no Hospital Estadual Couto Maia, em Salvador. Ele tinha histórico de obesidade e diabetes.

“Ele era uma pessoa muito querida na comunidade. Era alegre, comprometido com o trabalho e queria muito trabalhar na área de enfermagem”, afirma o diretor do Hospital geral de Ipiaú Alexandro Miranda.
Leia mais (04/26/2020 – 01h44)

Fonte do link