Programa de startups do Google apoia empresa que vende refeições congeladas

0
33
Programa de startups do Google apoia empresa que vende refeições congeladas
Gostou do post?


O Google incluiu entre as seis selecionadas para a primeira versão brasileira de seu programa de aceleração de novas companhias de tecnologia uma empresa que vende refeições congeladas.

Aberta há dois anos, a Liv Up cozinha e entrega para consumidores pratos com apelo saudável submetidos a uma técnica de ultracongelamento.

Os produtos são vendidos pela internet para consumidores das cidades de São Paulo e Rio de Janeiro.

A companhia participará de atividades para ampliar a adoção de inteligência artificial no seu negócio ao lado de startups com apelo tecnológico mais óbvio, como a Vérios, que automatiza aplicações financeiras de pequenos investidores, a Contentools, de tecnologia para marketing digital e a Docket, que ajuda empresas a gerenciar documentos.

A empresa, mesmo diferente daquilo que se costuma pensar como startup, tem muito a ganhar com o programa, diz Raphael Straatman, diretor de tecnologia da Liv Up.

Entre as particularidades do negócio está ter, além de um site para vendas, uma cozinha industrial na Vila Leopoldina, bairro de São Paulo. Também trabalha com alguns fornecedores exclusivos de alimentos orgânicos.

Segundo ele, a tecnologia poderá ser aplicada em duas áreas principais: melhora na gestão dos ingredientes e previsão de comportamentos do consumidor.

Straatman explica que a companhia pretende usar inteligência artificial para analisar o comportamento de quem usa seu site e, com isso, identificar futuras tendências de consumo e adaptar seu cardápio.

“vamos poder entender quais ingredientes têm mais impacto na hora de fazer o consumidor comprar novamente um prato”, exemplifica.

Nos bastidores, Straatman diz que o uso de tecnologia permite que os funcionários da empresa saibam exatamente qual ingrediente devem pegar na hora de preparar um prato.

“Se vou fazer uma receita de arroz com amêndoas e brócolis, o sistema avisa em qual gaveta encontro os ingredientes do lote certo”, explica.

A empresa tem atualmente 140 funcionários. Já conquistou outro nome de peso do mercado de empreendedorismo digital. Recebeu em 2017 R$ 5,5 milhões em investimentos do fundo Kaszek Ventures, capitaneado por fundadores do Mercado Livre.

Raphael Straatman, diretor de tecnologia da Liv Up (divulgação)

 

O programa do Google acontecerá no Campus São Paulo, o espaço da empresa para startups.

Ele dura três meses. No período, as startups terão apoio de executivos do mercado de tecnologia e receberão entre US$ 20 mil e US$ 100 mil dólares em créditos de produtos do Google.

Também participarão do programa a Mandaê, que fornece serviços de entregas para pequenas lojas virtuais, e a JetBov, que tem tecnologia para ajudar pecuaristas a gerenciar suas fazendas.

Fonte do link