Profissionais de saúde têm altas taxas de ideias suicidas na pandemia, aponta estudo



Os trabalhadores da saúde de 11 países latino-americanos apresentam “altos índices” de sintomas depressivos e pensamentos suicidas, segundo um estudo publicado nesta quinta-feira (13) pela agência regional da OMS.

O relatório “The Covid-19 Health care wOrkErs Study (HEROES)” mostra que entre 14,7% e 22% dos profissionais de saúde consultados em 2020 demonstraram sintomas que permitiram suspeitar de um episódio depressivo, enquanto entre 5% e 15% reconhecem quem pensaram em suicídio, disse a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas).

O estudo foi realizado pelas universidades do Chile e Columbia, em colaboração com a Opas, na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Bolívia, Guatemala, México, Peru, Porto Rico, Venezuela e Uruguai.
Leia mais (01/14/2022 – 11h00)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários