Presidentes deixam Corinthians, São Paulo e Santos ainda mais endividados



Sem grandes conquistas dentro de campo nos últimos anos, Andrés Sanchez, 56, Carlos Augusto de Barros e Silva, 82, e José Carlos Peres, 72, deixarão Corinthians, São Paulo e Santos, respectivamente, com uma escalada de endividamento.
Leia mais (11/22/2020 – 23h15)

Fonte do link