Presidente da CVC antecipa previsão de retomada do turismo

Enquanto a vacinação avança devagar no Brasil, Leonel Andrade, presidente da CVC, afirma que a empresa, abalada pela suspensão das viagens na pandemia, está começando a se preparar para atender a demanda reprimida durante a quarentena.

O primeiro público esperado é o de turistas idosos, que deve começar a comprar pacotes depois da imunização. O último deve ser o turismo corporativo, porque depende da realização de grandes eventos, feiras e convenções.

“É óbvio que o turismo corporativo não volta tão cedo. Uma parte não volta mais. Mas é uma parte pequena, porque o que movimenta o setor são os eventos. Isso vai voltar”, diz Andrade. Pelas previsões dele, o tempo disso é mais lento porque, além do controle da pandemia, é preciso esperar a organização e a montagem dos eventos.
Leia mais (04/09/2021 – 23h46)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários