Preocupados, auxiliares pedem que Bolsonaro planeje ações com governadores



Depois que governadores de sete estados decidiram tomar medidas de isolamento contra o novo coronavírus, o Palácio do Planalto avalia agora chamar os dirigentes estaduais para uma reunião nesta sexta-feira (20) por meio de uma videoconferência.

Auxiliares do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tentam convencê-lo de que é preciso amenizar o discurso e chamar os governadores para o alinhamento das medidas. Ainda não há uma reunião confirmada.

Gerou preocupação no governo federal a decisão de alguns governadores de tentar fechar estradas e aeroportos. As medidas foram tomadas numa tentativa de conter a dispersão do novo coronavírus no país, cujos casos confirmados já superam 400.

Há uma preocupação do Poder Executivo de que medidas anunciadas isoladamente, além de não terem efeito, possam criar um pânico na população e em produtores e gerar uma crise de comunicação e desabastecimento.

Internamente, integrantes do governo criticam a atuação do ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, a quem é atribuída a tarefa de conversar com os governadores.
Leia mais (03/20/2020 – 12h05)

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

11 − nove =