Posts enganam ao associar Bolsonaro à aprovação de verba para filme sobre sua eleição



Duas postagens sobre a liberação de verbas da Ancine para um documentário sobre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) trazem informações falsas ou enganosas. Em uma delas, o perfil de Twitter @r_camilotti afirma que “Bolsonaro, via Ancine, libera 560 milhões para um filme sobre ele”. Essa informação é falsa. Na outra, no Facebook, o deputado José Guimarães (PT-CE) publicou uma imagem com o texto “Ancine libera 530 mil para documentário sobre Bolsonaro”. Essa informação é enganosa. O que a Ancine (Agência Nacional do Cinema) liberou, conforme o Comprova verificou, foi a captação de recursos, por meio da Lei do Audiovisual, para uma produção que pretende retratar os movimentos políticos do país desde 2013 até a eleição de Bolsonaro.
Leia mais (08/02/2020 – 20h20)

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

vinte − 4 =