Post acusa, sem prova, MST de ter relação com queimada na Amazônia e no Pantanal



É falso um texto disseminado via redes sociais segundo o qual João Pedro Stédile, um dos fundadores do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), teria relação com incêndios no Pantanal. A postagem afirma que a PF (Polícia Federal) investiga, além do MST, ONGs pela autoria de queimadas. A PF não comenta casos em andamento, mas informou que todas suas operações deflagradas envolvendo casos recentes na Amazônia e no Pantanal estão no site oficial da entidade. Em consulta ao site, o Comprova não encontrou menções ao MST ou a Stédile no que diz respeito aos incêndios nesses dois biomas.
Leia mais (10/01/2020 – 19h30)

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

quatro × 5 =