Por que você NUNCA viu um filhote de pombo até hoje?



Conheça o Fatos MAX, nosso mais novo canal onde você poderá conferir muito “MAX conteúdo”. Acesse esse link e descubra o seu mais novo canal de curiosidades do Youtube: http://bit.ly/2qojWhF

Pombos! Eles estão por todas as partes, nas ruas, praças públicas, escolas,

parques, até mesmo dentro de locais fechados, eu mesmo já vi pombo dentro

de ônibus, pegando uma carona, e passeando dentro de shopping. ¿Aonde

isso vai parar? Estariam os pombos dominando o mundo?

A verdade é que nós já estamos acostumados a conviver e dividir nosso

espaço com os pombos, mas muitas pessoas ainda não gostam muito bem

dessa situação, e com frequência questionam qual a utilidade de um pombo

na cidade. Para muitos, os pombos não servem pra muita coisa, a não ser pra

sujar a cidade e “cagar” sobre nossas cabeças.

Mas nós podemos realmente culpar os pombos por estarem em meio a nossa

sociedade? Se formos analisar os motivos pela qual os pombos migraram e

se adaptaram a vida na cidade, nós iremos perceber que em parte, a culpa é

nossa.

A natureza é o ambiente natural da maioria dos animais, e com os pombos

isso não é diferente, mas como já sabemos, o nosso estilo de vida causa um

grande impacto negativo para a natureza.

A ação humana nos ambientes agrícolas, as atividades agropecuárias e o

desmatamento faz com que esse ambiente natural seja prejudicado, fazendo

com que os animais tenham que migrar para outras áreas, ou seja, para as

cidades.

Quando estão vivendo na natureza, os pombos exercem uma função que

ajuda a manter o equilíbrio natural das florestas, se alimentando de frutos,

sementes e insetos eles ajudam na distribuição das espécies vegetais e

também no controle no número de pequenas pragas.

Mas voltando para a realidade dos pombos na cidade, por que existem tantos

pombos, e principalmente, por que eu, você, nós nunca vimos filhotes de pombo?

Se você é curioso clique aqui e se aventure em busca do desconhecido: http://bit.ly/2oyQj0f

LEIA MAIS:
http://bit.ly/2q7j1Wh

Link original