PM fecha laboratório de drogas com 26 mil papelotes de cocaína no Sul de Minas


A Polícia Militar de Meio Ambiente de Varginha, no Sul de Minas, fechou na noite desta quarta-feira (22) um laboratório de refino e embalagem de drogas em uma fazenda na cidade de Carmo da Cachoeira, na mesma região. No local, foram encontrados mais de 26 mil papelotes de cocaína.

Segundo o tenente Túlio Ferreira da Cunha, comandante do Pelotão de Meio Ambiente, os militares foram à fazenda com o objetivo de sondar uma denúncia de tráfico de animais silvestres. “A guarnição foi averiguar uma denúncia de caça e tráfico de pássaros silvestres, e os militares localizaram uma fazenda na região de Carmo da Cachoeira. No local, foi abordado o suspeito, que tentou omitir seu nome e evadir da situação. Porém, os militares perceberam de pronto pássaros dentro de gaiolas, ou seja, um alçapão”, disse.

No momento em que o homem foi buscar seus documentos, o laboratório foi visto pelos policiais. “Os policiais pediram os documentos pessoais do suspeito, já desconfiando. Quando ele foi buscar a sua identidade, no interior de sua residência, os militares conseguiram avistar lá dentro um laboratório para refino e embalagem de cocaína”, concluiu.

Logo depois, o suspeito fugiu e ainda não foi encontrado. No entanto, sua esposa, que não teve seus dados pessoais divulgados, foi detida.

Ainda de acordo com a polícia, na fazenda, havia três crianças: uma de 2, de 4 e uma de 7 anos, todas filhas do casal. Conforme apurado, elas acreditavam que os pais produziam sal de cozinha no laboratório.

Além dos mais de 26 mil papelotes, foi apreendida uma pistola calibre 380, nove munições, dois carregadores, quatro liquidificadores, três embaladores, dois celulares, um caderno de anotações e contabilidade e
inúmeras embalagens para acondicionar os entorpecentes.

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

um × 4 =