Parques de BH reabrirão com protocolos sanitários


A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) deve divulgar até amanhã as regras para a reabertura dos parques na capital mineira. Fechados há mais de cinco meses por causa da pandemia, alguns já voltam a funcionar a partir do próximo sábado, conforme anunciou o prefeito Alexandre Kalil. Esse retorno ocorrerá de forma escalonada e terá regras específicas para evitar aglomerações e garantir o distanciamento e cuidados de higiene.

Durante o período de paralisação das atividades, a Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica (FPMZB) aproveitou para realizar manutenções e obras nas unidades, como pinturas, revitalização de jardins, recomposição de cercamentos e trocas de peças em equipamentos. Entre os locais que receberam as intervenções, estão os parques Ecológico da Pampulha, Jacques Cousteau, Guilherme Lage, Lagoa do Nado, Roberto Burle Marx, Aggeo Pio Sobrinho, Jacques Cousteau, do bairro Havaí e Baleares.

Em alguns parques, como o Ecológico da Pampulha, há mudanças visíveis. No local, foi instalada uma obra de arte doada pela mostra Casa Cor. Por outro lado, a maioria das obras citadas pela PBH ainda está sendo iniciada ou em andamento. No Parque Municipal, os brinquedos são substituídos no playground e a quadra do local está em reforma.

O parque Jacques Custeau recebe nova iluminação e revitalização nos jardins. O cuidado com a área verde também segue em andamento nos parques Roberto Burle Marx e Aggeo Pio Sobrinho. No parque Lagoa do Nado, a mudança acontece pelo cerceamento do espaço e pela instalação de piso natural (bolachas de tronco de árvores).

 

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

um × três =