Para ministros e procuradores, relato de vazamento a Flávio reforça suspeita de que Bolsonaro temia investida contra filhos



Causa e consequência Procuradores e ministros de tribunais superiores avaliam que o relato de Paulo Marinho à Folha, sobre o vazamento de uma investigação ao senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho de Jair Bolsonaro (sem partido), gera mais implicações políticas para o mandatário. A análise é que a acusação do empresário corrobora a suspeita de que o presidente se referia a preocupações sobre investigações da Polícia Federal contra a família quando tratou do tema em reunião ministerial no dia 22 de abril.
Leia mais (05/17/2020 – 23h15)

Fonte do link