Pandemia do coronavírus já fez 69% dos brasileiros terem fonte de renda afetada


Com a redução de praticamente todas as atividades econômicas para conter a explosão de casos e mortes de coronavírus no país, os problemas financeiros voltaram a atingir a maioria dos brasileiros. De acordo com uma pesquisa divulgada hoje pelo DataPoder360, 69% dos entrevistados afirmaram que o emprego ou a fonte de renda foram afetados pela pandemia.

Os números são ainda piores para a população mais jovem. Entre as pessoas com idades de 25 a 44 anos, 81% declararam que o trabalho está comprometido. Os moradores da região Centro-Oeste do Brasil também foram fortemente afetados, onde 85% tiveram os ganhos afetados. Em seguida, aparecem Nordeste (75%), Sudeste (66%), Norte (63%) e Sul (62%).

Aumento das dívidas

O levantamento também apontou o crescimento das dívidas das famílias brasileiras. Conforme os dados, 68% dos entrevistados deixaram de pagar alguma conta no último mês por falta de dinheiro. Os piores percentuais estão entre as populações da região Norte (77%) e Nordeste (77%), além dos desempregados ou sem renda fixa (86%). Já entre as pessoas com ensino superior, o número cai para 49%. 

Outro ponto mostrado pela pesquisa foi o crescimento do número de pessoas que defendem o retorno dos mais jovens ao trabalho, apesar de não serem maioria entre a população brasileira. Em 15 dias, a aprovação da medida, desde que seja obrigatório o uso de máscaras, subiu de 37% para 44%. 

Outros 50% afirmam que todos devem seguir em casa com o isolamento social. O retorno dos jovens aos postos de trabalho é ainda mais aceita na região Sul, onde 70% apoiam a iniciativa.

A pesquisa foi realizada entre os dias 11 e 13 de maio, com 2.500 pessoas.

 

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

8 + quatro =