Onda roxa: Justiça decide manter toque de recolher em Governador Valadares


A Justiça de Minas Gerais decidiu, nesta sexta-feira (19), que o toque de recolher de 20h às 5h será mantido em Governador Valadares, no Rio Doce, em função da adoção da onda roxa para conter a pandemia pelo novo coronavírus.  A decisão é do presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), desembargador Gilson Soares Lemes.

Nesta quinta-feira (18), o  juiz Lupércio Paulo Fernandes, tinha dado uma decisão favorável a suspensão do toque de recolher na cidade a pedido do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG). O juiz tinha considerado que o governo do Estado é incapaz de decretar toque de recolher e que essa deveria ser uma decisão do presidente da república em caso de estado de sítio. 

O presidente do TJMG derrubou a decisão levando em conta que  recentemente o Supremo Tribunal Federal, que a competência da União para legislar sobre assuntos de interesse geral não exclui a competência legislativa dos estados e municípios para dispor de questões de interesses locais. 

“É que, na espécie, a despeito dos relevantes argumentos apresentados pelo Órgão Ministerial, o avanço da pandemia no município/requerente – e em toda a região, o que levou o Estado de Minas Gerais a determinar medidas restritivas ainda mais severas, pela implementação do chamado ‘Protocolo Onda Roxa’ – recomenda a máxima prudência na condução de situações que tais. Vale destacar que, conforme indicou o requerente, encontram-se ocupados, atualmente, 85,08% dos leitos de UTI SUS e 88,64% dos leitos de UTI SUS exclusivos para pacientes com suspeita ou confirmação de COVID-19, a revelar a gravíssima situação pela qual passa o Estado de Minas Gerais e seus cidadãos”, escreveu o juiz. 

Leia mais: Governo de Minas vai entrar na Justiça para todas cidades aderirem à onda roxa

Onda Roxa em Minas Gerais: veja o que pode ou não pode abrir

A prefeitura de Governador Valadares informou que vai acatar o toque de recolher. O Ministério Público de Minas Gerais também foi procurado pela reportagem que aguarda retorno.  Minas Gerais adotou a onda roxa do programa Minas Consciente para conter a pandemia pelo novo coronavírus. Na onda fica estabelecido o toque de recolher de 20h às 5h e somente os serviços essenciais podem funcionar. 
 

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários