O que aconteceu com as 4 crianças que foram vendidas pela sua própria mãe?



Talvez você não saiba, mas depois da Segunda Guerra Mundial, os Estados Unidos sofreram com as marcas deixadas pela guerra. Existe uma foto icônica que representa essa época, onde uma mãe colocou seus 4 filhos à venda. O que aconteceu com essas crianças? A gente conta para vocês neste vídeo.

Ficha Técnica:

ROTEIRISTA: Mateus Graff / EDITOR DE VÍDEO: Wanessa Costa / ILUSTRADOR (THUMBNAIL): Katira / DIRETOR DE FOTOGRAFIA: Julio Vieira / CAPTAÇÃO E EDIÇÃO DE ÁUDIO: Jefferson Oliveira / OPERADOR DE CÂMERA E STEADICAM: Carlos de Freitas Santos / SEGUNDO ASSISTENTE: Danyllo Freitas / DIRETOR E PRODUTOR: Augusto Ijanc / AUXILIAR DE ESTÚDIO: Gustavo Henrique Barbosa / COORD. TÉCNICO YOUTUBE: Muryllo Vilela / DIRETOR DE CONTEÚDO: Eduardo Coelho / CHEFE DE REDAÇÃO E REVISÃO: Priscilla Bernardes / PRODUTOR EXECUTIVO: Luiz Phellype Alves

Link original

48 COMENTÁRIOS

  1. Criticaram mãe, porém, pai foi um cretino criminoso também. A sociedade também não é isenta de culpa, pois colocaram nos jornais e só fizeram criticar, ninguém se propôs ajudar. É mais fácil criticar e acusar do ajudar né?! Se isentar de culpa alegando não ter responsabilidade. Omissão também é culpa! Fica a dica!!!!

  2. Oi Ivan lima tudo bem com você comigo também estou muito feliz poder conversar com vc pois pra mim e um previlejio. Me desculpa pois não escrevo bem mais gostaria muito poder contar minha iistora eu tenho uma irmã que eu não conheço sei que ela e parente da família estival o meu falecido pai me contava que ele morava em Curitiba em santa felicidade e lá ele cassou e tevê uma filha o nome dela é Maria Marli estival mas pareci que ele registrou ele então o nome dela é Maria Marli de Lima estival mas o proprema que quando eu estava cuidando dele ele queria muito ver ela eu disse pai mas eu não sabia que tinha essa filha e era duas e meia da manhã e ele dissia minha filha vá lá em santa felicidade e traga minha filha não tinha como e logo ele morreu o nome dele e José Carlos de Lima e ele tem deiz irmãos mas não conhesso nem um mas eu gostaria muito conhecer ela meu pai disse ache minha filha e nestes dias já faz muito tempo que ele faleceu e eu sempre sonho com meu pai e ele parece que eu vejo ele em sonho filha por favor ahe a sua irmã você pressiza falar pra ela que me perdoe de eu não ir antes atrás dela eu sempre sonho sempre a mesma coisa ele pedindo mas se você poder me ajudar não tenho palavras pra te agradecer mas também tenho uma istoria muito triste eu quando tinha meus 17 anos de idade um homem que era casado mentiu pra mim e ele disse pra mim quer ter uma casa nova bonita muito linda e um carro pra nois passear e eu era muito simples demais ele disse que a mulher dele trocou ele por outro e foi embora e eu acreditei pois nois era meio vizinho mas o tempo foi passando e eu engravidei e ele disse que a mulher dele ia voltar e se eu contar pro meus pai que o fiho e dele ele vai me matar e o pesadelo comessou vivia correndo dele mas Deus me ajudou tanto que quando meu filho compretou quasse três anos de idade apareceu um homem de novo mas idade do que eu ele era viúvo e disse pra mim você pega uma pensão do seu filho o pai dele aguda você eu falei não ele disse melhor ainda eu vou dar o que eu puder ajudar ele mais não denha contado com ele eu falei deste que ele nasceu ele não sabe nada do fiho pois não quer sabe mas ficamos junto aprendi a trabalhar vendendo frutas e verduras mas mais um pesadelo comessou eu e meu marido tivermos fihos mas quando mais ou menos uns sete ou oito anos de casado meu marido comessou a ficar doente e descobriu que tinha uma doença chamada tranboze e logo ficou dois anos e meio na cadeiras de roda minha vida desabou e eu entrei em depressão mas não abandonei ele tudo mundo dissia você e uma moça de vinde e dois anos porai deixe esse velho pra lá e vá embora mas cuidei dele a te ele morre mas não me arrependo nenhum momento quando ele faleceu fui no INSS mas não fique. Recebendo pensão pois nós não éramos casados e eu falei que trabalhava vendendo frutas com uma kombe venha o homem do INSS falou ele recebia um salário por invalides e ainda trabalhava mas está muito errado isso eu vou te ligar a semana que vem meu advogado disse eu acho que não vai dar certo você vai criar seus filhos sozinha foi mesmo depois de quatro anos depois meu filho do meu marido falecido ele com apenas nove anos de idade ele faleceu eu tinha ido na casa de minha irmã Leila e derrepente aquela vondade de ir embora eu disse Leila eu já vou ela espere mais um pouco muinha irmã vou fazer um cafezinho bem rápido e eu disse não posso esperar e sai eu lembro bem sai e quando eu chequei em casa eu falei pro meu marido é outro marido depois que meu marido faleceu Deus me deu outro marido muito querido eu disse Paulo cadê o Vitor ele disse ele foi vender umas latinhas que ele ganhou eu não queria que ele fosse mas tanto que ele tanto que ele ensistiu que eu acabei deixando ele ir mas ele disse tiú vou vender umas latinhas e vou comprar um doce só pra nois ele nunca chamou meu marido de pai ele sempre falou tiú mas ele estava indo derrepente ele voltou e abraçou e disse hoje vou ver meu pai ele disse eu sou seu pai ele disse você e meu tiú só que ele nem se tocou do que ele falou eu falei Paulo eu vou atrás do Vitor ele disse faz pouco tempo que ele saiu eu dei café pras meninas e derrepente eu ouvi um cachorro começou a latir e cavou o chão e cavava e eu me preocupei ele cavava e latia muito e eu fui atrás dele mas não vi nada então fui nas casas do meus vizinhos e amigos ninguém viu ele e ali todos constava muito dele ele era muito querido a onde ele via alguém se mudando ele ia ajudar a carregar o caminhão ele amava cachorros sempre trazia pra casa cachorros de rua mas eu fiz mais ou menos uns cem cartazes com a foto dele a muinha amiga colocou na rádio banda bê mas sem resposta a polícia secride andou comigo e disse fica tranquila que agende vai achar ele com vida mas eu já tinha jundo com o meu marido a noite toda procurando ele eu pensava que ele estava na casa de alguém mas derrepente eu tinha deixado as meninas na casa da minha grande amiga Dora mas no outro dia a tarde toda aquela gente esconteu de mim era meu filho que acharam o corpo dele era meu filho que tinha morrido ele caiu em uma obra que estavam construindo e deixaram tudo aberto lá nem uma faixa e nem um avisso nada bem perto de casa tinha um buraco te quatro metros e meio de largura cheio de água e também tinha uma escada em cima também você acredita que até hoje está na justiça nao não foi feito justiça por favor me ajude se puder essa é minhas histórias triste obrigado por ver quê Deus abençoe muito vocês Ivan lima fica com Deus um abraço obrigado por ver meu nome giseline de Lima

  3. Nossa que absurdo isso pra mim não é mãe é um monstro,nada justifica vende os filhos,pedisse ajuda mendigasse se fosse preciso,mais vende é um absurdo ,no caso ela queria dinheiro e os filhos ainda foram maltratados pelos que compraram eles,e ela nem com o passar do tempo se arrependeu do Que feis,mulher sem coração que nojo…..

  4. Essa historia e fato real, eu conheço uma mãe assim se e que pode chama uma cadela dessa de mãe ne , deus todos os filhos um deles ela cometeu um aborto já estava com 8 meses a criança tava viva ainda, ela jogou no valão as crianças que brincavam perto da ponte viu ela jogar algo esperaram ela sair e foram lá e pegarão o soco abriram era um bebê sairão gritando e chamarão a policia que chegou rápido e levarão o bebe pro hospital deus foi tao bom que ele sobreviveu, tem 7 anos e mora e salvador com os avós, deus o protegeu.

  5. Meu Deus, que história triste e horríve💔💔 ,
    Como pode uma mãe ser tão ruim e pobre de sentimentos pelos próprios filhos 😭😭
    Os pobrezinhos só nasceram para sofrer, mas eu não tenho dúvidas que vão pagar caro, pois não se arrependeram de tamanho crueldade🤬🤬😡😡

  6. Verdade mesmo , nem tudo que pare pode ser uma mãe e está maldita tem de estar queimando no inferno pois os filhos são a herança dos pais e nascem para serem amados e não rejeitados e vendidos como mercadoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

16 − seis =