O lado perverso das intervenções no mercado de crédito pelo FED

Em situações de incêndio na vida real ou aproximação de uma crise financeira sem precedentes, nada soa melhor aos ouvidos do que a sirene dos bombeiros e o anúncio de que a autoridade monetária irá atuar para minimizar os impactos da crise.

Na semana passada, o banco central dos EUA (FED, Federal Reserve) anunciou que passaria a intervir no mercado secundário de bônus corporativos comprando vastas quantias de papeis de empresas, incluindo as classificadas como “más pagadoras” (junk bonds), restrita aos bônus corporativos denominados em inglês “falling angels”, ou seja, eram “boas pagadoras” e passaram a se tornar “más pagadoras” pois a probabilidade dessas empresas em dar um calote no credor aumentou.
Leia mais (04/17/2020 – 01h00)

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

5 × três =