O horrível caso das irmãs Papin



As irmãs Christine e Léa Papin chocaram a França, no século passado, com um ato repentino e assustador. As duas cometeram dois assassinatos brutais, com direito a arrancar os olhos das vítimas, com as próprias mãos, e deixar o rosto delas desfigurado de maneira que nem as pessoas mais próximas conseguiram reconhecer. O problema é que ninguém conseguiu entender o motivo por trás do crime hediondo. Nesta Sexta do Medo, vamos explicar o caso.

Ficha Técnica:

ROTEIRISTA: Victor Lisita / EDITOR DE VÍDEO: Adriana Itacaramby / ILUSTRADOR (THUMBNAIL): Katira / DIRETOR DE FOTOGRAFIA: Julio Vieira / CAPTAÇÃO E EDIÇÃO DE ÁUDIO: Jefferson Oliveira / OPERADOR DE CÂMERA E STEADICAM: Carlos de Freitas Santos / SEGUNDO ASSISTENTE: Danyllo Freitas / DIRETOR E PRODUTOR: Augusto Ijanc / AUXILIAR DE ESTÚDIO: Gustavo Henrique Barbosa / COORD. TÉCNICO YOUTUBE: Muryllo Vilela / DIRETOR DE CONTEÚDO: Eduardo Coelho / CHEFE DE REDAÇÃO E REVISÃO: Priscilla Bernardes / PRODUTOR EXECUTIVO: Luiz Phellype Alves

Link original

33 COMENTÁRIOS

  1. Dizem que é por conta do ferro de passar, deu problema no ferro e acabou a luz, a patroa disse que era pra ela consertar com o próprio dinheiro, ele já havia dando problemas, na última foi quando uma delas estava passando a roupa e a patroa perdeu os modos e começou a gritar com ela … foi aí que ela não aguentou e atacou a patroa e depois a filha que estava defendendo a mãe.
    Foram para o quarto, se limparam do sangue e cometeram incestos aguardando serem pegas pelos crimes no quarto.
    Tem um detalhe que faz parte de uma delas, é que foram presas separadas , uma delas estava se comportando mal em sua cela por falta da irmã e as colocaram juntas por um tempo para acalmar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

quatro × um =