Nove bebês com síndrome respiratória esperam na fila por vagas de UTI em PE



Nove bebês com síndrome respiratória aguda grave aguardavam na tarde desta quinta-feira (6) na fila para vagas de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) no hospital Barão de Lucena, que é referência no atendimento pediátrico na rede pública estadual de Pernambuco.

As crianças estão internadas na área vermelha da emergência. Quatro delas estão intubadas e as outras cinco aguardam com VNI (ventilação não invasiva).

Faz duas semanas que os plantões estão sempre com bebês em lista de espera para UTI. Em alguns casos, conforme relato de médicos, os bebês chegam a aguardar até uma semana por uma vaga. A média de tempo de espera é de dois a três dias. Uma médica plantonista do hospital ouvida pela Folha disse que há recém-nascidos na fila.

Ela afirma que faltam máscaras e ventiladores para a demanda crescente de casos graves. A profissional comenta que, com a demora de transferência para UTI, o quadro das crianças se agrava ao evoluir para uma fadiga respiratória.
Leia mais (05/06/2021 – 16h47)

Fonte do link