Notícia falsa em tragédia faz Liverpool boicotar tabloide há 30 anos



Na Kop, arquibancada mais vibrante de Anfield, casa do Liverpool, os torcedores agitam orgulhosamente dezenas de bandeiras antes de cada apito inicial. Elas reverenciam ídolos da gloriosa história de quase 130 anos do clube. Uma das flâmulas, no entanto, simboliza a dor e o clamor por justiça que também marcam a identidade da equipe inglesa. “Don?t buy The Sun [não compre o Sun -tabloide inglês]”, estampa.
 
Além do estádio, a frase se espalha por pubs, pontos de ônibus, bancos de praça e até táxis carregam a mensagem. Abraçado pela cidade há mais de 30 anos, o boicote ao tabloide remete à maior tragédia da história do futebol inglês.
 
Em 15 de abril de 1989, 96 torcedores do Liverpool foram a uma partida de futebol e não voltaram para casa. Naquela ensolarada tarde de primavera, o time enfrentaria o Nottingham Forest em Hillsborough, estádio do Sheffield Wednesday, pela semifinal da Copa da Inglaterra.
Leia mais (12/21/2019 – 02h00)

Fonte do link