'Nossa prioridade são as vidas, mas temos que pensar nos empregos', diz Zema


O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), se pronunciou na noite desta sexta-feira (27), através de suas redes sociais, sobre as medidas que sua gestão tem tomado para contornar a proliferação do novo coronavírus no Estado.

Segundo ele, a sua prioridade são as vidas das pessoas, mas ele não pode deixar de lado a sobrevivência do povo e da economia. “Nossa prioridade são as vidas. Mas temos que pensar na sobrevivência do nosso povo e nos empregos. Por isso, me reuni com o comitê para enfrentamento do Covid-19 e determinei a elaboração de um estudo com as perspectivas para a abertura gradual dos estabelecimentos”, disse.

Mais cedo, Zema já havia anunciado que estava analisando a possibilidade de reabertura de alguns segmentos comerciais.

“Será considerada a área geográfica, já que Minas possui regiões com características bem distintas.Algumas, sequer apresentaram casos. Todas as ações serão avalizadas pela Secretaria de Saúde, para que possam ser feitas de forma segura. Tomaremos as medidas com cautela e prudência”, informou. 

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) disse que investiga 28 óbitos suspeitos para a Covid-19. Até esta sexta, já são 189 pacientes diagnosticados, e 118 somente em Belo Horizonte.

O número de mineiros infectados pode aumentar consideravelmente nos próximos dias, uma vez que são investigados 21.691 casos suspeitos da doença no Estado. 



Fonte do link