Nomes repetidos e do Facebook geram crítica sobre conselho de proteção de dados



A divulgação da lista de 122 indicados ao conselho que irá compor a ANPD (Autoridade Nacional de Proteção de Dados) gerou preocupação sobre conflitos de interesse no processo de escolha, cuja decisão final será do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Os profissionais serão responsáveis por monitorar a atuação da autoridade, que é ligada à Casa Civil.
Leia mais (04/16/2021 – 08h00)

Fonte do link