Nike não quer perder a China, mas o futebol brasileiro atrapalha



Fechando a semana, o CEO da americana Nike, John Donahoe, deu rara entrevista ao canal financeiro CNBC, para reafirmar que irá “continuar a investir na China” apesar da pressão do governo Joe Biden.
Leia mais (08/08/2021 – 17h40)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários