Músicos respeitados que na verdade eram pessoas terríveis



Você é do tipo de pessoa que consegue separar o pessoal do artista? Vamos supor que seu maior ídolo cometeu um crime terrível, mesmo assim, você continuaria a ser um fã? Nesse vídeo, o nosso querido Ivan Lima mostra alguns dos músicos mais respeitáveis da história, mas que eram pessoas terríveis na vida pessoal.

Ficha Técnica:

ROTEIRISTA: Mateus Graff / EDITOR DE VÍDEO: Wanessa Costa / ILUSTRADOR (THUMBNAIL): Katira / DIRETOR DE FOTOGRAFIA: Gabriel Cunha / CAPTAÇÃO E EDIÇÃO DE ÁUDIO: Jefferson Oliveira / OPERADOR DE CÂMERA E STEADICAM: Carlos de Freitas Santos / SEGUNDO ASSISTENTE: Danyllo Freitas / DIRETOR E PRODUTOR: Augusto Ijanc / AUXILIAR DE ESTÚDIO: Gustavo Henrique Barbosa / COORD. TÉCNICO YOUTUBE: Muryllo Vilela / DIRETOR DE CONTEÚDO: Eduardo Coelho / CHEFE DE REDAÇÃO E REVISÃO: Priscilla Bernardes / PRODUTOR EXECUTIVO: Luiz Phellype Alves

Link original

COMPARTILHAR

25 COMENTÁRIOS

  1. Analisando numa outra esfera, meu único ídolo sempre foi um só: Jesus Cristo. Estes cantores, assim como as bandas, possuem algo fora de qualquer normalidade… São pessoas anormais e totalmente descontroladas. Sem julgamentos, mas sem nenhuma paixão também

  2. "Filho de Peixe, peixinho é."
    Isso se aplica no caso desse James Brown por conta do filho Chris Brown que cresceu nessa mesma bosta de mentalidade agredindo a Rihanna violentamente.

  3. A imagem que eu tinha do John Lennon caiu por terra quando eu assisti ao filme Yesterday. Houve uma cena envolvendo o John Lennon que me fez chorar. Então, cheguei em casa e pesquisei sobre ele e descobri sobre o filho abandonado e sobre ele ser espancador de mulheres. A decepção foi tanta que nunca mais consegui ouvir uma música dele!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

dois + 19 =